Rodrigo Haidar
12.07.12

“Opinião pública faz STF decidir com os pés no Brasil”

Os ministros do Supremo não estão isentos de pressões políticas não individuais. Podem até ser individuais, mas a cada julgamento do STF, a sociedade também julga o tribunal.

continue lendo

Rodrigo Haidar
31.05.12

“Supremo não pode parar para julgar mensalão”

Marco Aurélio afirma que não vê motivos para a pressa que se percebe em julgar o mensalão e que sequer seria conveniente analisar o caso durante o período eleitoral.

continue lendo

Vera Magalhães, da Folha de S. Paulo
23.04.12

Supremo desconforto

Em rodas reservadas, alguns ministros passaram a discutir, no fim da semana passada, a possibilidade de não eleger Joaquim Barbosa para presidir o Supremo Tribunal Federal.

continue lendo

Rodrigo Rangel, da Veja
6.04.12

“Minha prioridade das prioridades será o combate à corrupção”, diz Ayres Britto

Quero estabelecer como prioridade aquilo que é prioridade na Constituição. Pretendo fazer valer leis vitais para a sociedade, como a Lei da Ficha Limpa, a Lei de Improbidade Administrativa e a Lei Maria da Penha.

continue lendo

Felipe Recondo, de O Estado de S.Paulo
4.03.12

‘Ficha limpa é uma roleta russa. Fará vítimas para todo lado’, diz Gilmar Mendes

Para o ministro do Supremo Tribunal Federal, a lei tem falhas e, depois da eleição, terá de ser revista no Congresso.

continue lendo

Moreira Alves
27.08.11

O STF é uma Corte abastada da realidade política, diz Moreira Alves

Por mais de duas décadas, o Supremo Tribunal Federal (STF) foi conhecido como a Corte de José Carlos Moreira Alves. Aposentado desde 2003, o jurista constatou que o STF se tornou outro tribunal. Está mais político do que em seu tempo, mudou orientações em relação a outros Poderes, como o Congresso.

continue lendo


19.02.10

A prisão do Governador e a possibilidade de intervenção federal

Num Estado Federal como o nosso é reconhecida a autonomia dos Estados-membros que implica na descentralização do poder, tanto administrativa quanto política.

continue lendo


11.01.10

Enquanto isso…

Marco Aurélio, Eduardo Azeredo, Carlos Ayres Britto, Joaquim Barbosa, Dias Toffoli

continue lendo


21.11.09

O apoio de Heloisa Helena à candidatura de Marina Silva e o fim do quociente eleitoral

POR SERGIO CRISPIM Sem pretender me alongar muito e sem o propósito de provocar embate técnico com o excelente trabalho realizado na ADPF 161, penso ser interessante criar um contraponto aos argumentos ali expendidos no sentido de se prestigiar o pluripartidarismo mediante a declaração de inconstitucionalidade do dispositivo do Código Eleitoral, mediante o qual é […]

continue lendo